O Consenso do Brasil

Senso comum de antigamente, o dizer: ‘marido se pega pelo estômago’.
Filhas de namoro firme as mães se apressavam em ensiná-las. O básico, um ou dois pratos mais elaborados. Um desses servido ao noivo em visita aos sogros recebia o elogio do incauto. A mãe se adiantava: “foi fulana que fez!”. A arapuca dava certo, estava selado o casamento.
Casados, a verdade se exaltava, a moça era péssima cozinheira.
Assim me tornei ‘máster chef’ para me alimentar menos mal.

O Caso do Cabo Veras

Eleito vereador, Antônio de Oliveira tratou de corrigir a história. A Rua Cabo Veras passaria a ser chamada “Conquista”. O coronel Balbino adquiriu as terras de Manoel Francisco, grileiro. Os títulos eram podres. Os posseiros ali estavam há tantos anos. O coronel conseguiu a ordem de despejo. A polícia não dispunha de efetivo para cumprir a ordem.

O CRUSP na década de 60

Este é um portal Web da comunidade de residentes, nos anos 60, do CRUSP (Conjunto Residencial da USP, na Cidade Universitária de São Paulo). É um espaço de informação, preservação de memória e interação entre os que lá residiram entre 1963 e 1968 (quando foi fechado pela ditadura militar). Na madrugada de 17 de dezembro de 1968 as tropas do exército cercaram o CRUSP, prenderam  1400 estudantes, fecharam o Conjunto Residencial e instauraram um IPM – Inquérito Policial Militar, que resultou em processo e ordem de prisão para 32 residentes.

Páginas

Subscrever crusp68.org.br RSS